Água X Sódio, como equilibrar essa relação?

Tempo de leitura: 3 minutos

A água é o elixir da vida, certo? Isso não se discute, e esse papo de que quase 70% do nosso corpo é água, já está bem explorado na mídia.

Mas há muito mais a revelar, e você precisa saber alguns detalhes sobre a quantidade ideal diária que seu corpo precisa para metabolizar corretamente e não sofrer com recorrentes inchaços.

Você sabia que a Organização Mundial de Saúde recomenda no máximo 5 gramas de ingestão de sal diária? E por isso, considero importante que você entenda a relação do sódio no famoso processo de retenção de líquidos. Essa retenção afeta principalmente mãos, pernas, tornozelos e a própria barriga.

Além disso, a alta concentração de sódio no organismo é um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares – como infarto e derrame cerebral –, hipertensão, obesidade, diabetes, problemas renais e tumores.

A água é fundamental no processo de metabolismo do nosso corpo. O que acontece na ingestão do sal, ou sódio em geral, é que quando ele está em excesso no organismo, tende a exigir mais água sendo absorvida para metabolizar e atingir equilíbrio. Porém, na verdade, essa absorção em excesso retém a água e é isso o que desequilibra e provoca o inchaço.

Como evitar a retenção de líquidos então? 5 Dicas diretas para a mesa:

1 – Dica de sempre: reduzir ao máximo a ingestão de SAL.

Eliminar o sal tradicional da sua mesa, substituindo pelo sal marinho é a melhor opção.  Mas há também opções vistas com bons olhos pelos nutricionistas, condimentar os alimentos com algas marinhas, ervas ou cardamomo já vem sendo muito indicado.

2 – Embutidos e laticínios configuram um perigo disfarçado.

Temperos, defumados, congelados, maioneses, sopinhas instantâneas, e os queijos não fogem dessa lista.

Na verdade, hamburguers, queijo parmesão, mortadela, macarrão instantâneo, molho shoyo e biscoito de polvilho encabeçam essa lista negra.

3 – Alguns crustáceos também devem res reduzidos na dieta.

Essa informação pode ser surpreendente, mas camarões, lagostas, caranguejos e vieiras (para citar alguns frutos do mar) podem conter centenas de miligramas de sódio por porção.

Você não precisa deixar de consumi-los, porém equilibrar na dieta é a dica.

4 – Queijos, se você soubesse…

Agora você pensou logo no Parmesão, no Provolone, ou na Mussarela, mas a bomba é que o queijo branco, amiguinho das dietas principalmente femininas é o vilão inesperado.

É isso mesmo, o queijo minas frescal, possui uma concentração média de 505 mg de sódio por porção de 100 gramas – um quarto do total indicado ao dia pela OMS.

O que fazer para não reter e obter o melhor da água?

Você pode um dia ter pensado que ingerir mais líquidos pioraria o problema, porque teria mais a eliminar, mas é claro que não é bem assim. Beber água é fundamental (2 litros por dia), pois a desidratação é um dos fatores que pode estimular o aparecimento do problema.

Entenda que quanto mais água você ingere, maiores serão o número de toxinas que serão eliminadas pela urina e mais saudável você fica.

Nesse artigo, eu explico a relação das frutas nesse processo de boa ingestão de líquidos.

Um abraço e saúde.

Sobre Acqualive Rio

Totalmente brasileira, a Acqualive nasceu no sul do País e atua no segmento de vendas diretas, num mercado em crescente expansão. Em abril de 2010, a companhia iniciou sua atuação no mercado brasileiro e está se preparando estruturalmente para um grande crescimento nacional e internacional no próximo biênio. A Acqualive trabalha com a bebida número 1 do mundo: a ÁGUA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *